Reembolso Tour Eluveitie + Tuatha de Danann

Após o cancelamento da turnê das bandas Eluveitie e Tuatha de Danann, a EV7 Live, empresa responsável pelas datas no Brasil, vem a público para informar os procedimentos necessários para o reembolso dos ingressos que seriam das apresentações em Belo Horizonte (16.2), Brasília (17.2) e Curitiba (19.2).
Belo Horizonte:

O reembolso será feito pela Central dos Eventos e começará a ser feito a partir da próxima segunda-feira.

Quem comprou on-line receberá estorno na próxima fatura e confirmação por e-mail. Quem comprou em ponto de venda poderá, a partir da quarta-feira (27.2) se dirigir ao ponto de venda em que comprou o ingresso, levando o mesmo, e reaver os valores. Quem comprou por boleto receberá um e-mail na próxima semana com instruções. – – –
Brasília:
A solicitação de reembolso dos ingressos já pode ser feita através deste formulário da Ticket Brasil:
https://ticketbrasil.com.br/cancelamento-da-compra/evento-cancelado
Os reembolsos serão feitos a partir da próxima segunda-feira.
– – –
Curitiba:
A solicitação de reembolso dos ingressos pode ser feita através do e-mail atendimento@diskingressos.com.br. Favor informarem no e-mail detalhes da compra como número do pedido, nome, CPF etc.
Os reembolsos serão feitos automaticamente no cartão utilizado na compra, já nos próximos dias. Aqueles que compraram em pontos de venda receberão instruções de como prosseguir.
– – –
A produtora também informou em comunicados dos eventos de cada cidade no facebook que:
“Estamos conversando com o Tuatha de Danann para realizarmos um show nas cidades originais da tour em breve. Aguardem novidades.
Sobre as várias e várias críticas de que deveríamos ter mantido o show em Brasília e Curitiba, infelizmente o Eluveitie nos forçou a isto. Eles cancelaram o show de BH de maneira infantil, por nada, e não havia garantia nenhuma de nossa parte de que eles honrariam o compromisso e fariam nestas cidades.
O cancelamento de um evento nos gera um prejuízo monstruoso e jamais seria nossa primeira opção. Realmente fomos forçados a isto.”

%d blogueiros gostam disto: