Solid Rock: Festival solidifica vertentes do Rock em São Paulo

SÃO PAULO,SP, 10.11.2018 - SOLID ROCK - JUDAS PRIEST - ALLIANZ ARENA - Judas Priest durante apresentação no Solid Rockl realizado no Allianz Parque, zona oeste da cidade de São Paulo/SP, na noite deste sábado, 10.

Texto: Marcos Franke

Fotos: Flavio Hopp

Sempre sonhei em testemunhar novamente um Festival com gigantes do Rock, independente do estilo. O Solid Rock trouxe isto de volta trazendo três grandes representantes de cada estilo. O grandioso Black Star Riders, que divulga seu mais novo álbum Heavy Fire traz aquela vertente do rock n roll, famoso por ter se baseado no Thin Lizzy de Phil Lynott. Músicas próprias misturadas aos clássicos do Thin Lizzy como ‘The Boys Are Back In Town’ e ‘Jailbreak’ marcaram o início dos shows. A banda que é formada por Ricky Warwick (vocais/guitarra), Scott Gorham (guitarras), Damon Johnson (guitarras), Robert Crane (baixo) e Chad Szeliga (bateria) fez um show incrível e agitou todos que estavam presentes com músicas de seu próprio repertório como ‘All Hell Breaks Loose’, ‘Heavy Fire’ e a empolgadíssima Bound for Glory – que grande set do Black Star Riders. Destaque para o vocal/guitarra Ricky Warwick, que empolgadíssimo fez uma apresentação incrível naquela tarde nublada.

O Alice In Chains voltou para São Paulo com um setlist incrível e um álbum novo chamado Rainier Fog. Um dos últimos remanescentes do que se conhece do estilo musical Grunge, mostrou uma competência incrível ao tocar seus grandes clássicos sem se manter desatualizados. Músicas de seus álbuns mais recentes eram comemorados como gols pelo público como a incrível ‘Hollow’, a viciante ‘Check My Brain’ e a nova ‘Never Fade’ – uma das músicas mais incríveis que já ouvi ao vivo. Jerry Cantrell, quietão, deixou a parte de interação com o público para o excelente vocalista/guitarrista William DuVall! Sean Kinney (bateria) e Mike Inez (baixo) apenas mostraram seu grande talento na cozinha trazendo o ritmo perfeito para todos ali curtirem clássicos que preencheram o setlist da banda como Them Bones, Again, Angry Chair, Man in the Box, Would? e Rooster – que show e que oportunidade para poder testemunhar um dos melhores shows da atualidade!

A banda que fechou a noite foi o grandioso Judas Priest, que não necessita apresentação. Capitaneada pelo vocalista Rob Halford a banda se completa com Ian Hill (baixo),  Andy Sneap (guitarra), Richie Faulkner (guitarra) e Scott Travis (bateria) e trouxeram para o Brasil a turnê do elogiadíssimo Firepower, por muitos considerado álbum do ano! Músicas como as incríveis Firepower e Lighting Strike do álbum novo eram todas acompanhadas por vídeos incríveis no telão que ficava no fundo do palco. O público foi simplesmente abatido pela quantidade incrível de riffs que Sneap e Faulkner despejavam sem dó alguma! Era impressionante como eram contagiantes. Obviamente clássicos como ‘Turbo Lover’, ‘The Green Manalishi’, ‘Grinder’ e ‘Night Comes Down’ não puderam faltar no setlist – destaque para a grande homenagem do Judas Priest na música ‘Freewheel Burning’, que homenageou nosso herói nacional Ayrton Senna, recebido com grande emoção pelo público presente. Os clássicos surgiam com uma facilidade de deixar qualquer um boquiaberto como as incríveis ‘You’ve Got Another Thing Comin’, ‘Hell Bent for Leather’ e a derradeira ‘Painkiller’ grande clássico da banda. O quinteto não pode deixar o palco sem deixar de tocar a tríade do Heavy Metal e foi com ela que o Judas deixou o palco, tocando ‘The Hellion/Electric Eye’, ‘Breaking the Law’ e ‘Living After Midnight’. Que grande show deste grande representante do Heavy Metal!

Três grandes representantes do rock n roll tocaram no palco do Solid Rock e certamente solidificaram ainda mais a conexão do público com um estilo que não pára de pulsar no coração de todos os que estavam presentes – o rock n roll! Inesquecível!

 

 

%d blogueiros gostam disto: