Com participação de Korpiklaani, finlandeses do Profane Omen lançam novo álbum no Brasil

Foto: Divulgação

Ooka é o quinto disco do sexteto que carrega a reputação de ser uma das bandas mais intensas da Finlândia e percussoras do death’n’roll.

Com a missão de manter o heavy metal finlandês em alta conta na preferência dos fãs de música pesada no Brasil, a banda finlandesa Profane Omen desembarca no país verde e  amarelo com o lançamento de Ooka, no dia 7 de setembro, via Playground Music. Ooka é o quinto álbum da carreira do sexteto formado na cidade de Lahti, em 1999.

Ooka nas plataformas digitais em https://lnk.to/rwtj8

Abre o trabalho o single War Boy que ganhou clipe e foi lançado antecipadamente ao material completo. A música conta com as vozes dos líderes da realeza finlandesa do metal Moonsorrow, Ensiferum, Finntroll e Korpiklaani para uma dose extra de potência.

OOKA_Profane Omen_Capa

Assista War Boy (direção de Pete Voutilainen | One Eye Media)

“É uma grande honra para nós que esses quatro cavalheiros tenham considerado War Boy digna de seu tempo”, conta o vocalista do Profane Omen Jules Näveri, que vive no Rio de Janeiro atualmente. “Tudo começou com uma ideia maluca que de repente se tornou executável e então Mathias, Jonne, Mahi e Ville apareceram no estúdio e tivemos um dia maravilhoso gravando as partes deles. O fato de terem encontrado um tempinho em suas agendas lotadas mostra como esses caras são legais e a música não teria ficado tão potente sem a participação deles”, completa.

Embora Ooka possa significar flor de cerejeira no idioma japonês, a realidade é que o lançamento do Profane Omen está mais para o segundo entendimento possível da palavra que vai totalmente na contramão: um ‘ataque de aeronaves kamikazes’, como mostra a capa do disco.

Ooka será lançado nas versões física e em streaming nas principais plataformas digitais simultaneamente. Os brasileiros podem comprar o CD ou o vinil de Ooka via www.recordshopx.com com entrega para todo o mundo.

Sobre Profane Omen

Profane Omen é considerada uma das pioneiras do estilo batizado de death’n’roll. Na biografia, a banda coleciona cerca de 500 shows em passagem por mais de 30 países incluindo turnês com Amon Amarth (2012), Ensiferum (2012) e Fintroll (2014, 2015).

Eles também já tocaram nos festivais Sonisphere (2010), Bloodstock (2014), Tuska (2007, 2009, 2012) e Metaldays (2015).

%d blogueiros gostam disto: