Paradise Lost em São Paulo: ingressos já à venda

Após impressionantes apresentações no Overload Music Fest e Epic Metal Fest, este será o primeiro show completo do grupo inglês na capital paulista desde 2014

O Paradise Lost, um dos nomes mais respeitados do metal mundial, está de volta após dois anos longe dos fãs brasileiros. O show faz parte da bombástica turnê promocional do aclamado novo álbum “Medusa” (2017 – Nuclear Blast) pela América Latina.

Uma das apresentações mais esperadas de Nick Holmes (vocal), Greg Mackintosh (guitarra), Aaron Aedy (guitarra), Steve Edmondson (baixo) e Waltteri Väyrynen (bateria) durante esta excursão, acontece no próximo dia 1º de setembro, no Carioca Club, em São Paulo.

Apesar da grande procura, os fãs ainda podem garantir presença adquirindo os ingressos disponíveis no pelo site do  Clube do Ingresso (http://www.clubedoingresso.com/paradiselost-sp) e pontos autorizados em Barueri, Belo Horizonte, Curitiba, Guarulhos, Osasco, Rio de Janeiro, Santo André, São Caetano do Sul e capital paulista (http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar). Mais informações no serviço abaixo.

Até o momento, as datas do Paradise Lost pela América Latina são as seguintes:

38d460dc-ebdb-43dd-b67a-f2c6d5b3e3f2.jpg

Com o lançamento de “Medusa”, o Paradise Lost voltou a marcar presença nos principais charts da Europa e Reino Unido. O novo álbum não para de conquistar elogios e as apresentações promocionais deste trabalho pelo Velho Continente tem sido um verdadeiro sucesso.

Formada em 1988, na cidade de Halifax, a banda inglesa é considerada uma das criadoras do gênero gothic metal. No início da carreira, a proposta musical era mais extrema, e junto aos conterrâneos do Anathema e My Dying Bride, também foi uma das responsáveis pelo surgimento do death/doom metal. No fim da década de 1990, resolveram  abordar uma sonoridade mais comercial, adicionando elementos de rock eletrônico, o que teoricamente ajudou a crescer a sua popularidade e atingir novos públicos.

Com 15 elogiados álbuns na carreira, o Paradise Lost segue na estrada mostrando que está mais vivo do que nunca e, felizmente, longe de qualquer tipo de aposentadoria. Discos como “Shades of God” (1992), “Icon” (1993), “Draconian Times” (1995), “One Second” (1997) e “Host” (1999) são verdadeiros clássicos e itens indispensáveis no catálogo de qualquer colecionador.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/paradiselostofficial
https://www.facebook.com/overloadbrasil
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

%d blogueiros gostam disto: