Helloween emociona fãs e faz show histórico em São Paulo!

CULTURA: SÃO PAULO,SP, 28.10.2017 - HELLOWEEN - Espaço das Américas - Helloween durante apresentação no Espaço das Américas, na zona oestel em São Paulo/SP, neste sábado, 28. (Foto: Flavio Hopp / RAW Image)

Show histórico foi gravado em São Paulo e gravações serão utilizadas para um futuro DVD

Nostalgia. Esta é a palavra que mais ouvi nesta grande noite. Helloween, um dos grandes representantes do Metal alemão, decidiu fazer uma turnê com o que tem de melhor e denominou a turnê de Pumpkins United World Tour. Esta reunião contempla em sua formação Andi Deris (vocais), Michael Kiske (vocais), Markus Grosskopf (baixo), Michael Weikath (guitarra), Kai Hansen (guitarra), Sascha Gerstner (guitarra) e Dani Löble (bateria) e deixa de fora dois músicos que não quiseram participar desta grande festa: Uli Kusch e Roland Grapow – mas quem disse que alguém se importou? Com um Espaço das Américas lotado e com duas datas totalmente esgotadas, o público brasileiro mostra mais uma vez a grande influência que esta grande banda exerceu em suas vidas! Era emocionante ver pessoas vestidas de laranja, balões laranjas e abóboras por todos os lados! Era uma verdadeira festa. A festa somente completou com o início do show com a grande Halloween, com Andi Deris e Michael Kiske dividindo os microfones!

Quem se preocupou com as notícias de que Kiske estivesse doente abriu um sorriso e lágrimas escorriam pelos rostos dos fãs, afinal, os dois vocalistas faziam o show de suas vidas e estava correndo tudo perfeitamente com vozes soando até melhores do que esperavam. E que show foi este meus queridos leitores? Nem eu imaginei ver os clássicos como ‘Dr.Stein’ (Keeper of the Seven Keys Part II/1988) ao vivo com Kai Hansen e Markus Grosskopf juntos no palco – que oportunidade única! As emoções não pararam ali. Claro que o público se empolgou com ‘If I Could Fly’ (Dark Ride/2000) e ‘Are You Metal?’ (7 Sinners/2010), mas os fãs queriam ouvir os clássicos e aproveitar ao máximo a grande formação no palco. Foi o que receberam com ‘Rise and Fall’ (Keeper of the Seven Keys Part II) com Michael Kiske nos vocais.

A grande performance de Kai Hansen e Markus Grosskopf apenas abrilhantou o momento em que os três na passarela curtiam com os fãs um momento único. Claro que clássicos não faltaram! Kai Hansen mostrou sua performance de frontman e guitarrista ao tocar e cantar clássicos do álbum Walls of Jericho/1985 com a quadra ‘Starlight’, ‘Ride the Sky’, ‘Judas’ e ‘Heavy Metal (Is the Law)’ – não são músicas muito conhecidas, mas são grandes representantes do início do Power Metal alemão, copiado a exaustão por incontáveis bandas do estilo. O solo de bateria, que homenageou o estilo de tocar de Ingo Schwichtenberg, morto em 1995. Que grande homenagem de Dani Löble – um dos melhores bateristas do estilo sem sombra de dúvida. A banda emendou logo com ‘Livin Ain’t No Crime’ (Keeper of the Seven Keys Part II/1988) que foi emendada á grandiosa ‘A Little Time’ – uma das melhores músicas do Keeper of the Seven Keys Part I. Antes de saírem para o primeiro BIS a banda se despediu com ‘How Many Tears’ com Michael Kiske e Andy Deris dividindo os vocais que na verdade eram de Kai Hansen neste álbum – que momento histórico!

O retorno da banda não demorou muito com a interpretação emocionada do público com as grandiosas ‘Eagle Fly Free’ e a longa ‘Keeper of the Seven Keys’ ambas do Keeper of the Seven Keys Part II – um dos momentos mais emocionantes para este que vos escreve. A banda nem deixou mais o palco direito e logo deram aquilo que todos estavam aguardando: Future World, um dos maiores clássicos de todos os tempos do Heavy Metal. O fim não poderia ser diferente, sendo este coroado com a grandiosa ‘I Want Out’ (Keeper of the Seven Keys Part II/1988), encerrando com chave de ouro o show mais incrível deste ano. Todos este momento, este evento histórico, tem um nome: Kai Hansen. Os fãs tem que agradecer de joelhos que este incrível músico nos deu a oportunidade de ver estes músicos juntos esta noite. Ele não só recuperou Michael Kiske aos patamares divinos em que ele se encontra hoje, como também juntou uma das bandas mais incríveis de toda a história do Heavy Metal alemão. Vamos esperar de dedos cruzados que esta não seja a última vez. Hoje a banda se apresenta mais uma vez, no Espaço das Américas, em São Paulo – não esqueçam de levar seus balões laranjas e de curtir história sendo feita em palcos brasileiros. Emocionante!

SETLIST

https://www.setlist.fm/setlist/helloween/2017/espaco-das-americas-sao-paulo-brazil-33e30421.html

%d blogueiros gostam disto: