Bill Steer do Carcass fala sobre o futuro e vinda ao Brasil para o Liberation Festival.

Os ingleses do Carcass estão de malas prontas para vir para o Brasil se apresentar num dos festivais mais aguardados do ano, o Liberation Festival. Conversamos com Bill Steer, guitarrista da banda, para saber mais sobre a expectativa da apresentação deles em São Paulo e do reencontro com os fãs brasileiros. Como bônus perguntei sobre os planos para o futuro e parece que há algo no forno como um sucessor para o grandioso Surgical Steel lançado em 2013. Leia detalhes na entrevista a seguir.

Por Marcos Franke

Carcass-Bill Steer

RocknLouder – Esta pergunta é sobre o futuro do Carcass. Há um álbum novo em vista após Surgical Steel?

Bill Steer – Haverá um, espero.

RL – Já está sendo gravado? Quais são as expectativas para um álbum novo?

Bill Steer – Nós apenas voltamos agora ao processo de composição. Fiz um monte de coisas com Dan (N.R.: Daniel Wilding, baterista) uns anos atrás, mas a banda foi diretamente de volta á estrada e ás turnês. Tem sido difícil manter o foco até agora.

RL – Surgical Steel foi um grande sucesso. Como você está se preparando para um novo passo em sua carreira?

Bill Steer – “Carreira” é um termo grandioso que nós na banda preferimos evitar. Nós certamente tivemos sorte, no sentido de que possamos viajar e tocar as nossas músicas. Parece que ainda há pessoas interessadas em nossa música.

RL – Quando você pensa na discografia do Carcass, há tantos riffs diferentes para ouvir e estilos para as músicas. Quando você passa por elas, o que você sente?

Bill Steer – Há muitos sensações passando por mim em tempos diferentes. Quando é uma música muito velha, meus pensamentos giram em torno destas frases:”Eu pensei nisto em 1985, não é louco que ainda há pessoas querendo ouvir isto hoje em dia?” Mas na maioria das vezes é sobre se perder na música e curtir o momento.

RL – Pelo seu ponto de vista Symphonies of the Sickness ainda é um classico? Você faria algo diferente neste album hoje em dia?

Bill Steer – Não, você não pode voltar. Nós fomos muito felizes com o album naquele tempo.

RL – Ele tem músicas muito mais voltadas ao death metal que hoje em dia. Você acha que um album nos mesmos moldes pode surir hoje em dia?

Bill Steer – Você se refere ao estilo “Symphonies”..? Elementos deste album surgiram no ultimo album, mas talvez de um jeito que algumas pessoas não tenham percebido. Quando você tem uma produção diferente, tudo soa diferente. Mas uma resposta longa é não, há apenas um caminho e é para frente. A música que fizemos no passado faz parte da gente e eu consigo sentir isto no que fazemos hoje. Mas não estamos tentando recriar alfo que já gravamos no passado.

RL – Carcass está vindo para o Brasil para fazer parte do Liberation Festival. Já tem alguma idéia do que vão contemplar no setlist?

Bill Steer – Honestamente, não faço idéia.

RL – Quais são suas expectativas para este show?

Bill Steer – Não temos nenhuma expectativa, apenas estamos ansiosos para voltar á um país do qual sentimos muita falta.

RL – Muito obrigado pela entrevista e deixe uma mensagem aos nossos leitores. Obrigado!

Bill Steer – Obrigado á vocês. Um agradecimento especial vai aos nossos amigos no Brasil que foram tão bons conosco através dos anos.

%d blogueiros gostam disto: